11/02/2009

Como Céu e Terra


Quando as palavras não dizem o que somos,
Gastamos em tinta, prometemos em sonhos.


Mesa, in Quando as palavras





A linha do horizonte apresenta-se mais definida quando perscrutada com a alma. Sente o poder da criatividade nas tuas mãos: desenha castelos no ar, sobe a escadaria e senta-te para uma prosa. Narra lentamente o teu sentir, em traços abstractos nunca antes desbravados. Sopra cada palavra ao vento, numa janela voltada para um campo de papoilas, e dança. Dança ao som daquela música maluca e ensurdecedora à qual nunca te deste uma primeira oportunidade.

Quando o sufoco te prender ao chão, descalça os sapatos, pica a nuvem da ilusão e abraça a minha voz. Conta-me dos teus pedaços, das palavras sussurradas pelo vento e das pétalas desfolhadas pela tua cadência corporal. Do teu poder criativo, o meu terno e doce beijo. Sente-o nas tuas mãos, nos teus lábios e na minha alma. A cada oportunidade manifestada, estarei lá por ti. Do outro lado da linha. No horizonte.

7 comentários:

Skywalker disse...

Entrar aqui e ouvir esta música é motivo suficiente para me deixar ficar.
Ler os teus posts, faz-me ter vontade de voltar.

Beijokas

M-s disse...

Adorei este post, está mesmo lindo.
Que palavras tão bonitas,
bj

Serena Flor disse...

Adorei minha querida...muito bom!
Passando pra dizer que tem um selinho pro teu blog. Caso queira é só pegar na minha galeria de selos que fica na coluna lateral do meu blog ok?
Um grande beijo e fique com Deus!

Sanxeri disse...

É importante que a pessoa esteja "lá" para nos, sempre que precisamos. Amar é isso mesmo.

Lita disse...

Mais uma vez, as minhas palavras silenciam-se para se imbuir das tuas. Calo-me. Leio-te. Inspiro-me.
Beijos

Serena Flor disse...

Olá minha querida, passando pra avisar que amanhã estou indo viajar e devo ficar uns dias fora do ar ok?
Quando retornar volto a fazer minhas visitinhas aos amigos!
Um beijão!

Blogadinha disse...

Skywalker,
Grata fico pela preferência.
Cá estarei à tua espera.
Bjo

M-s,
Obrigado eu, pela presença.
Sempre a considerar... Bjo.

Serena Flor,
Amigos nunca são demais.
Pegarei com todo o gosto e honra!
Bjo

Sanxeri,
E vice-versa...
Bjo

Lita,
Jamais silencies um bom texto.
Por aqui, apenas meros rascunhos.
Bjo