24/05/2009

Big Bang Love



Da Googlelândia para o A de amar

Indonésia: “adeammar.blogspot.com”
Portugal: “blogadinha + blogspot”







Tu queres. Tu sabes que sim, o teu corpo não desmente e o sentir não me nega. É por isso que ela está sempre lá, contigo. Tal como nós, assim a sua razão que nos antecipa os ardis e o teu desejo. Não te descura créditos, intui-me o jogo e assinala-o com desdém – é naturalmente mulher.


Em cima da cruz, mente incontrolada que te incendeia a pele consumindo-te a alma. Perdido em mim, trapézio temporal que atravessas aturdido, em limbo de sentimento único. Sabes que me queres, conheço-te assim – naturalmente...


Sob a rede de segurança, o meu presente: crente, suado e conquistado. Um troféu eternamente desalinhado e desprovido de conceito, na tua galeria de exibição pública, que te lança o grito e se escuta na sua voz: – Esquece-te, cai e acerta com a vida!

11 comentários:

Valdemir Reis disse...

Olá é sempre com grande alegria que visito este importante espaço. Honrado e feliz. Quero agradecer sua amizade. Muito obrigado! Certo estou quando um amigo nos acompanha nenhum caminho é longo demais e vamos além, também que a amizade é como as estrelas, embora não vendo toda hora sabemos que existem. Parabenizo você pela harmonia e qualidade deste trabalho. Grande tema, ótima escolha, excelente texto, belissimo, lindo visual, uma preciosidade, gostei. Valeu ter passado aqui. “Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Cora Coralina. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Aguardo sua visita, passa lá! E volte sempre! Tenha uma agradável e feliz semana de grandes realizações. Muita paz, brilho, proteção e sucesso. Tudo de bom, muita prosperidade... Fique com Deus. Forte e caloroso abraço.
Valdemir Reis

Lita disse...

Magnífico!

Helinha disse...

Texto lindo e denso...

Conciso.

Acho uma arte invejável: dizer tanto em tão pouco...

Viajei no seu texto...

Beijo grande!!

Candinho Anjo disse...

Bom dia Blogadinha.

Começo me desculpando pela demora em vir até aqui.

Mas, desta vez não sei por que não estava conseguindo
entrar nos Blogs... Coisas de Internet.

Sobre o texto um pequeno comentário... Eu quero! O problema
é a outra parte. É preciso haver sentimentos iguais. Será?

Beijos.

S* disse...

"Sabes que me queres - conheço-te assim, naturalmente..."

Frase linda Blogadinha. Perfeita mesmo! É tão bom quando sentimos que nos conhecem bem.

entrelinhas. disse...

a concentração de sentir nos teus textos sofoca-me, tanto que tenho de fazer uma pausa e resspirar fundo a meio. são LINDOS. aproveita o dom que tens, é maravilhoso.
continua a fazer textos destes, que eu continuarei a vir aqui e a ficar de boca aberta cada vez que os leio.

beijo,
sara

M-s disse...

Adorei este texto, para mim é dos mais bonitos que escreveste. parabéns:)
bj e bom fim-de-semana.

Intruso disse...

gosto muito do senhor da banda sonora... ;)

Blogadinha disse...

Valdemir Reis,
Grata pelo poema.
Bem-vindo ao blogue.

Lita,
Tu, apenas. :)

Helinha,
Agradeço o passeio.
Bjo

Candinho,
E por falar em demora...
A predisposição faz o momento e o amor sua eternidade, será?... :))

S*,
Nunca dar o outro por garantido!
Se boa, a surpresa é um elemento a salutar. ;)

entrelinhas,
Respira! Agradeço e babo.
Volta sempre. Assim continuarei. :)

M-s,
Ironicamente...
Acredito nisso.
Bjo

Intruso,
De bom grado e gosto!
Bjo

Å®t Øf £övë disse...

Blogadinha,
O trapézio da vida seja ele temporal ou não, é sempre demasiado cruel.
Bjs.

Blogadinha disse...

Dependerá da música que te embala os pés :)