12/09/2009

Dúvida existencial



"Vive o instante que passa.
Porque nunca mais ele será o mesmo nem tu que o estás vivendo."
Vergílio Ferreira, in Conta-Corrente IV


A continuidade da espécie humana é salvaguardada por cada um de nós. Qualquer ente começa por ser uma outra essência, uma outra vida, um reflexo da sua própria história. Não, espera, não é nada disto que te quero dizer! Bem sabemos da origem: a vida começa numa flor, certo? Numa pequena e simples flor.

E numa troca de olhares patrocinada pelo destino. E na ferroada da abelha que nos repreende a falta de atenção. A vida começa num palavrão, porra! E no sorriso de quem assiste à cena com visível deleite. Naquele sorriso... e na sua mão quente que nos afaga os azedume e queixume por tempo indeterminado.

No sexo. No jardim. A vida começa numa noite de sexo tórrido no jardim, no qual as abelhas morrem e os mosquitos coram mas aprendem a lição. E na sinceridade praticada em nome próprio. Na amizade, na paixão e no amor. Num beijo roubado em lugar confinado ao esquecimento. Numa única palavra.

A vida começa no grito assertivo de um recém-nascido. E de outro, ainda. E mais outroque o amor é surdo e demanda as suas testemunhas! Começa em vivências recriadas, experiências partilhadas e legados assumidos com pompa e orgulho.

Igualmente começa numa folha de papel em branco. E em cada sonho tornado realidade. A vida começa num tapete puxado à deambulação do texto. E naquela mão quente que nos devolve à convicção da flor oferecida. Uma pequena e simples flor. Sim, é assim que começa. E era isto que te queria dizer. Certo?

21 comentários:

GONIO disse...

Uau!
A vida nasce quando dois olhares se cruzam e vêem mais além... E renasce a cada instante.

Obrigado pelo comentário no post do "pormenor"... Fiquei sensibilizado, a sério!
Beijo e boa semana para ti, Blogadinha

M-s disse...

Adorei este texto, é diferente dos que costumas escrever, a vida começa com muito amor e amizade etc.
bj

S* disse...

A vida começa sempre que temos coragem de renascer... e lutar pela felicidade.

Candinho Anjo disse...

Boa tarde Blogadinha.

Só queria saber o nome da flor.

Queria saber qual a fragrância desta flor e não ligar para a
ferroada da abelha.

Uma quarta feira luminosa como seu sorriso é o que te desejo.

Há! Quem sabe um dia vou poder ver o seu sorriso.

Beijos.

Alzira Macedo disse...

oi Blogadinha...
adoro essa tua obrigação !!!
"a de amar"
gostei mesmo...
brigada amiga pela tua visita..
bjs


Alzira Macedo

Helinha disse...

Oi, querida!!

A vida começa e recomeça todos os dias, o tempo todo... E que bom que ela sempre recomeça!!

Porque cada instante é único mesmo, e cada um de nós, embora um ser único, realmente não é o mesmo mais a cada reocmeçar...

Seu blog é tão gostoso de ver, seus textos são tão cativantes... nos prendem, quando acabam a gente pensa: já?? Bom, eu pelo menos penso...

Amei seu comentário; não tem como não amar, de verdade, suas visitas!!

Beijos com muito carinho!!

Candinho Anjo disse...

Boa tarde Blogadinha.

Hoje trago para você a natureza em festa.

“A primavera está no ar... Cores, sabores, odores, amores, frescores, ardores e muita sonoridade.

A natureza fica generosa e deslumbrante, os corações
ficam enternecidos, tempo de renascer, florescer, dar-se
as mãos e sair a passear, cantar, vibrar, amar mais, doar-se mais,
sorrir mais e viver mais.”

Desejo que você seja parte constante deste tempo de amar.

Beijos.

entrelinhas. disse...

sem palavras. totalmente sem palavras.

beijo,
sara

Yiskay disse...

E a vida começa... =)

Helinha disse...

Oi, querida!!

Tem um selo de "Blog Dourado" para você, lá no meu blog!

Beijos, com carinho!

^^

Å®t Øf £övë disse...

Blogadinha,
Para mim a vida começa e renova-se todos os dias ao nascer o sol, porque procuro viver cada dia com todo o entusiasmo e intensidade.
Bjs.

AFRICA EM POESIA disse...

Vim agradecer .
Espero-o na minha poesia...
um beijo

João Rodrigues Ferreira disse...

O visual deste blog está espectacular, diria...bom...razoável(estou só a brincar).

Ana Tapadas disse...

Já tinha saudade. Adorei o texto.
bj

O Profeta disse...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu

Onde param os teus anseios
Onde encontras a sublime calma
Nestes dias de dura tormenta
Onde aqueces a tua alma?

Voa comigo...


Mágico beijo

POESIA... disse...

Te espero aki.......... Cantinho Poético

http://amorepoetico.blogspot.com/


Obrigada................Beijussssssssss

Blogadinha disse...

Gonio e Alzira Macedo,
Uma porta aberta à boa vontade!
Grata pela vossa estreia por cá.

Poesia e África em Poesia
Visitá-las-ei com alegria e gosto.
Bem-vindas ao blogue!

Ana Tapadas,
À distância de um clique! Sempre :)
Bem-vinda de novo.

Aos restantes comentadores...
Todo o meu apreço e simpatia.
À vossa grandiosa alma!

Bjos

Nuno G. disse...

brilhante... sabias?

(www.minha-gaveta.blogspot.com)

Blogadinha disse...

Nuno G,
Da consideração à auto-avaliação, simples rascunhos, apenas...
Bem-vindo ao blogue!

Cacau Loureiro disse...

Certo sim menina poeta, rs... adorei as tuas palavras de deleite pela vida, tem gente que na caminhada esquece o dom, o dom de ser feliz de que cada um fomos feitos, beijos pra ti!

Blogadinha disse...

Cacau Loureiro,
O dom é benesse de poucos, já a felicidade a capacidade de todos - assim haja inspiração e motivação no trajecto.
Feliz 2010 para ti!
Bem-vinda ao blogue :)